Quem sou eu

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

VOCÊ É UM PROTETOR?

Hoje em dia a proteção animal virou um modismo. Muita gente acha bacana dizer que é “Protetor de Animais”, mas o que exatamente ser um “Protetor de Animais”?




Para começar gostaria de esclarecer que proteger animais NÃO É CHAMAR UMA ONG OU LIGAR PARA UM PROTETOR INDEPENDENTE QUANDO UM ANIMAL ESTÁ SENDO MAL TRATADO. PROTEGER ANIMAIS TAMBÉM NÃO É FICAR NO COMPUTADOR APENAS REPASSANDO PEDIDOS DE AJUDA, NEM SE SENTIR NO DIREITO DE EXIGIR E COBRAR QUE PESSOAS LIGADAS A CAUSA FAÇAM O QUE VOCÊ CONSCIDERA CERTO FAZER. Estas são apenas formas de divulgar ações e necessidades ligadas a causa, e não a proteção em sua essência.
Em primeiro lugar é importante saber que PROTETORES DE ANIMAIS SÃO PESSOAS IGUAIS A VOCÊ, eles trabalham, estudam, possuem família, filhos, quintais pequenos moram em apartamento em alguns casos, mas decidiram arregaçar as mangas e fazer a diferença. Um dia desses eu ouvi que “ser protetor de animais é um apostolado”, e isso significa você dedicar sua vida, seu tempo e seu dinheiro a uma causa que muito provavelmente “nunca” lhe trará nenhum retorno material. Consiste também em mudar seus hábitos alimentares (parar de consumir carne), hábitos de diversão (rodeios, vaquejadas, touradas, feiras de exposição, de exploração, de competição, etc.), hábitos de consumo (roupas de origem animal como casacos de pele, etc.), hábitos em geral.
O “protetor de animais” muda sua visão em relação a vida, passa a respeitar toda forma de vida, passa a lutar pela defesa dos direitos dos animais, pela castração, pela adoção, por leis mais rígidas e que os defendam, pela conscientização da população, contra a exploração animal em todas as suas formas, contra o comercio de animais, etc.
Ninguém muda estes hábitos facilmente, nenhuma pessoa que conheço amanheceu e disse: a partir de hoje sou um protetor de animais e vou deixar de fazer tudo o que fiz a minha vida inteira. A vontade de ajudar nos impulsiona a levantar e ir, com o tempo criamos cada vez mais a consciência em relação aos assuntos relacionados à causa, nossos hábitos são mudados aos poucos e gradativamente. É uma luta pessoal contra nós mesmo, e em alguns casos, contra nossos familiares que não conseguem entender e aceitar essa mudança.


SER UM “PROTETOR DE ANIMAIS” É TER RESPONSABILIDADE SOCIAL DE MANEIRA TOTALMENTE INDEPENDENTE DA CARIDADE. PROMOVER A CONSCIENTIZAÇÃO EM RELAÇÃO AO RESPEITO DOS ANIMAIS É UMA DAS BANDEIRAS MAIS IMPORTANTES DA CAUSA,FAZER COM QUE AS PESSOAS ENXERGUEM QUE O ANIMAL TEM UMA VIDA QUE PRECISA SER RESPEITADA, é uma batalha constante. Os animais existem da mesma maneira que todos nós, possuem suas individualidades e não estão aqui para nos servir.

OS DEFENSORES DOS ANIMAIS DEVEM SER FELIZES COM SUA BANDEIRA,DEVEM SE ORGULHAR DO QUE FAZEM.SE DEFENDER ANIMAIS TE TROUXER ALGUM TIPO DE ANGÚSTIA,TALVEZ SEJA HORA DE REPENSAR E MUDAR DE CAUSA.OS ANIMAIS PRECISAM DE PESSOAS SENSATAS,que estejam sempre empenhadas em aprender, que estejam dispostas a tentar mudar o mundo, mas se conseguirem mudar apenas a pessoa que está ao seu lado, já fizeram muito mais do que 99% da população. OS ANIMAIS NÃO PODEM SE DEFENDER ,ELES SÓ TEM A NÓS,SERES HUMANOS, PARA DEFENDE-LOS,E EXATAMENTE POR ISSO TEMOS DE NOS MANTER EQUILIBRADOS PARA FAZÊ-LO,e fazer com prazer, paixão e de maneira otimista. PESSOAS AGRECIVAS E DESACREDITADAS, NÃO APENAS NA CAUSA ANIMAIS, MAS EM TODAS AS CAUSAS, GERALMENTE NÃO CONSEGUEM ATINGIR SEU OBJETIVO NA VIDA, pois não conseguem desenvolver o potencial necessário para valorizar a causa que defendem.


Tenha sempre a frente, e como referência, pessoas inseridas na causa e que desenvolvam um trabalho baseado na seriedade e, acima de tudo, idoneidade. FUJA DE FALSOS PROTETORES, PESSOAS QUE ESTÃO INSERIDAS NA CAUSA TENTANDO TIRAR BENEFÍCIOS MATERIAIS OU PRESTÍGIO. Acredite em você e em seus objetivos, arregace as mangas e faça, não tenha projetos alimentados apenas pela esperança, estabeleça objetivos e metas, faça você também a diferença.PENSE QUAL A MELHOR FORMA DE AJUDAR OS ANIMAIS, QUAIS OS SEUS PONTOS FORTES, SE VOCÊ GOSTARIA DE TRABALHAR COM RESGATES, COM ADOÇÃO, COM MAUS TRATOS, COM EDUCAÇÃO, CONTRA EXPLORAÇÃO, ETC.Acredite em você, e dê o seu melhor.
Abrace uma causa, qualquer causa, mas faça-o com responsabilidade e de coração aberto. MUDE SEUS CONCEITOS, ABANDONE OS PRECONCEITOS E FAÇA A DIFERENÇA. 

Por :Lilian Rockenbach
Divulgação: Instituto Nina Rosa

O tempo não cura tudo. Aliás, o tempo não cura nada, o tempo apenas tira o incurável do centro das atenções.

Não fale, não conte detalhes, não satisfaça a curiosidade alheia. A imaginação dos outros já é difamatória que chegue.

Saudade a gente tem é dos pedaços de nós que ficam pelo caminho

E amigo é isso: aquele que a presença conforta sem precisar de muito gesto ou dramatização.


Martha Medeiros

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Olha só que tri...

Australiana fica três horas na lama tentando salvar cavalo preso
Uma mulher ficou por três horas na lama, tentando acalmar o cavalo que estava preso em uma praia em Melborne, na Austrália. Nicole Graham passou o tempo inteiro tentando manter a cabeça de Astro alta, para que ele não se afogasse.
O animal de quase 500 quilos corria o risco de se afogar, já que a água do mar estava chegando ao local onde ele estava preso. Astro estava passeando com Nicole e a filha dela, quando caiu na lama de repente. Antes que a australiana pudesse alertar a filha, o pequeno cavalo da menina também ficou parcialmente preso.
Nicole correu para ajudar a menina de 18 anos e o animal dela. Depois que levou os dois a um terreno firme, a australiana se arrastou na lama, para ajudar Astro. Mas todos os esforços livrar o animal daquela situação só o afundavam mais. Depois de três horas, uma equipe de resgate tirou o cavalo e Nicole da lama.
- Eu estava desesperada. Foi de cortar o coração, ver meu cavalo sofrendo e lutando para sair dali – disse a australiana, que possui mais de 10 cavalos e trabalha com odontologia equina.
De acordo com informações do jornal “Daily Mail”, Nicole passeia por aquele local há 20 anos e nunca havia percebido que era tão pantanoso, antes do sufoco que passou com Astro.
- Era como se fosse areia movediça. Eu fiquei tão aliviada quando vi os bombeiros chegando, porque estava começando a ficar muito cansada.
Para puxar o cavalo, a equipe de resgate precisou de um trator, emprestado em uma fazenda perto da praia, assim como uma equipe de veterinários cedida pelo agricultor. Um helicóptero também estava à disposição, como último recurso para tirar Astro da lama. O cavalo foi sedado, antes de ser içado pelo trator. O animal escapou da situação um pouco desidratado, mais ainda assim bem de saúde.
fonte: anda

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012


Um beijo

Foste o beijo melhor da minha vida, 
ou talvez o pior...Glória e tormento, 
contigo à luz subi do firmamento, 
contigo fui pela infernal descida! 

Morreste, e o meu desejo não te olvida: 
queimas-me o sangue, enches-me o pensamento, 
e do teu gosto amargo me alimento, 
e rolo-te na boca malferida. 

Beijo extremo, meu prêmio e meu castigo, 
batismo e extrema-unção, naquele instante 
por que, feliz, eu não morri contigo? 

Sinto-me o ardor, e o crepitar te escuto, 
beijo divino! e anseio delirante, 
na perpétua saudade de um minuto...

Olavo Bilac
Da felicidade

Quantas vezes a gente, em busca da ventura,
procede tal e qual o avozinho infeliz:
em vão, por toda parte, os óculos procura
tendo-os na ponta do nariz!

Mário Quintana
Que diferença faz um dia sem carne
video

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Sessão vergonha nacional...

Ministério da Cultura libera R$ 6,4 milhões para realização de rodeios

O braço organizador de rodeios da Ambev, a Brahma Super Bull, foi autorizada pelo Ministério da Cultura a captar de 6,4 milhões de reais para patrocinar os eventos. A intenção é custear, parcialmente com dinheiro público, a realização de 16 rodeios em oito cidades brasileiras.

O Governo Federal exigiu, em troca, que a organizadora mantenha anúncios do slogan oficial “Brasil sem pobreza” na beira das arenas.

Clovis Cunha, que noticiou a novidade em primeira mão, questiona tanto se a Brahma/Ambev realmente necessita de ajuda financeira com dinheiro público, como se é correto usar o dinheiro dos impostos de quem se opõe à crueldade gratuita contra animais para financiar uma atividade que já consiste em infligir sofrimento em touros.


fonte: anda
comentário do altecir: eu vejo a situação de uma maneira bem simples: tá mais do que na hora, dos protetores e das pessoas de bem, tomarem uma posição, que é muito fácil prá mexer no bolso destes fabricantes de cerveja: é só parar de tomar cerveja, simples assim. Como se faz para fechar um empresa jornalística? é só ninguém comprar mais jornal. Como se faz para fechar uma empresa  que fabrica cerveja? é só ninguém mais tomar cerveja, simples assim, é só as pessoas quererem, simples assim . E além do mais, me parece que ningém vai morrer de sede, né.

Olha só que tri...

A comovente história da gata que arriscou a vida para salvar seus filhotes de incêndio

A história da gata Scarlett era comum até o dia 29 de março de 1996. Ela vivia numa garagem abandonada de um subúrbio de Nova York e alimentava-se de restos de comida que encontrava pelas redondezas.

Naquela ocasião ela estava com sua ninhada de cinco filhotes quando às 6h do dia 30 de março de 1996, iniciou-se um grande incêndio no local. O bombeiro David Giannelli conta que viu por diversas vezes a gata entrar e sair do local para resgatar seus filhotes e a cada filhote as queimaduras eram ainda piores.

Em 7 de abril do referido ano, o Daily News de Nova York relata o seguinte: “Quando Giannelli encontrou a gata, ela estava prostrada de dor num terreno baldio ali perto, e aquilo lhe cortou o coração. As pálpebras da gata estavam fechadas de tanto que incharam por causa da fumaça. As almofadas das patas apresentavam queimaduras gravíssimas. A cara, as orelhas e as pernas estavam horrivelmente chamuscadas. Giannelli providenciou uma caixa de papelão onde cuidadosamente colocou a gata e os filhotes. Ela nem conseguia abrir os olhos, disse Giannelli. Mas tocou os gatinhos um por um com a pata, contando-os.”

Para qualquer animal apenas aproximar-se do fogo já seria algo marcante. Imaginem entrar em meio às chamas por cinco vezes e a cada vez mais difícil que a anterior pelo fato das queimaduras e da intensidade do incêndio. Imaginem o ruído do incêndio, o calor sufocante e falta de ar, a fumaça e tudo o mais. Mesmo assim a heróica bichana não parou em nenhum momento enquanto não retirou seus filhotes.Quando chegaram à Liga de Animais North Shore, ela estava morre-não-morre. O relato continuou: “Deram-lhe medicamentos para combater o choque. Colocaram um tubo intravenoso cheio de antibiótico na heróica felina, e, delicadamente, passaram pomadas antibióticas nas queimaduras. Daí, ela foi colocada numa gaiola com câmara de oxigênio para ajudar a respiração, e todo o pessoal da liga de animais ficou em suspense… Em 48 horas, a heroína já conseguia sentar-se. Seus olhos inchados se abriram e, segundo os veterinários, não tinham sofrido nenhuma lesão”.

Quando a história foi divulgada pela Liga de Animais North Shore o telefone não parava de tocar, pessoas do mundo todo queriam saber do estado da gata e mais de 1500 pessoas ofereciam-se para adotá-la. Scarlett virou um símbolo do amor materno dando uma grande lição em muitas mães modernas que eliminam seus filhos antes de nascer e em outras que os tratam com descuido ou os matam ou abandonam ainda recém nascidos. É a velha história que se repete, os humanos querem ensinar aos animais mas em questão de moral e de amor acabam mesmo é aprendendo.
O amor materno entre os animais, que os homens costumam chamar de instinto não para por ai. Há inúmeros casos em que mães de uma determinada espécie adotam filhotes de uma outra. Há casos incríveis até mesmo entre inimigos naturais. Mostram que os animais tem um sentido de sobrevivência e de proteção muito além da capacidade de entendimento do ser humano. Talvez só num futuro muito distante é que o homem venha descobrir nos animais a verdadeira sabedoria e o verdadeiro amor cada vez mais esquecido pelos humanos.

A história da mãe e seus heróicos esforços do felino para salvar os seus gatinhos atraiu a atenção da mídia mundial, mais de 7.000 cartas foram enviadas à Liga de Animais North Shore, oferecendo-se para adotar Scarlett e seus filhotes. Eles finalmente escolheram dividir os gatinhos em dois pares, e os dois pares de gatinhos foram dados para adoção a moradores de Long Island.

Scarlett mesma foi aprovada com a Karen Wellen. Em sua carta, a Sra. Wellen indicou que, como resultado da perda de seu gato, pouco após ser ferido em um acidente de trânsito ela adotaria animais com necessidades especiais .

O North Shore Animal League criou um prêmio denominado Prêmio Scarlett Animal heroísmo em sua honra. Este prémio é atribuído aos animais que se envolveram em atos heróicos para beneficiar os outros, se os seres humanos ou animais.

Scarlett viveu feliz em um lar amoroso com Keren por mais de 10 anos e morreu em 11 de outubro de 2008.

fonte: anda

Cão prá adoção....



Volta Redonda/RJ - 26 de fevereiro de 2012.

Olá amigo,
a Sara é uma linda cadela que está disponível para adoção.
Está vacinada, vermifugada e é castrada.

Apesar do tamanho é muito doce, carinhosa e delicada.
Vale a pena conhecê-la. 

Caso tenha interesse em adotá-la pedimos que faça contato pelo e-mail contato@vira-lata.net ou pelo site www.vira-lata.net.

sábado, 25 de fevereiro de 2012

Palavra Cantada - Aniversário

video
Um poema de dor e amor

Por que as fêmeas humanas
Gostam tanto de usar peles
De outras fêmeas não humanas
Sabendo que elas são reles
Capas de cadáveres extirpadas
De forma desumana?
Sei lá, não sei, de onde vem
Esse nojo que tenho, o gosto
Mórbido que elas tem.
Por que os machos humanos
Desumanos que são,
Embora alegando terem coração,
Vibram com as touradas,
As vaquejadas, a farra do boi,
Os rodeios e crueldades variadas?
Deve ser por que o sadismo,
Embora eu fique pasmo,
Proporciona um belo orgasmo.
Por que nenhuma professora
Mãe ou educadora
Diz para seus pequenos
Ao menos
Que o zoológico é uma aberração?
Os animais nunca ali felizes,
Sejam elefantes ou perdizes.
É assim que se cria
Nossas crias.
Os bichos são lixo,
Apregoam as diversas culturas,
Cada uma de seu jeito,
Justificando as torturas.
E nós, tentando trocar a dor
Pelo amor,
Individual ou coletivamente,
Por que sabemos que bicho
Também é gente.

Ulisses Tavares

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Nunca existiu uma pessoa como você, não existe ninguém neste mundo como você e nem nunca existirá.
Veja só o respeito que a vida tem por você.
Você é uma obra de arte – impossível de repetir,
incomparável, absolutamente única.

Rajneesh
AMOR E SEU TEMPO

Amor é privilégio de maduros
estendidos na mais estreita cama,
que se torna a mais larga e mais relvosa,
roçando, em cada poro, o céu do corpo.

É isto, amor: o ganho não previsto,
o prêmio subterrâneo e coruscante,
leitura de relâmpago cifrado,
que, decifrado, nada mais existe

valendo a pena e o preço do terrestre,
salvo o minuto de ouro no relógio
minúsculo, vibrando no crepúsculo.

Amor é o que se aprende no limite,
depois de se arquivar toda a ciência
herdada, ouvida. Amor começa tarde.


Carlos Drummont de Andrade 

Olha só que tri...

Quebra de paradigma

Felinos podem viver bem com uma dieta vegetariana, diz especialista
Os pequenos predadores, como os gatos, quando caçam pequenos animais, como ratos e pássaros, os mastigam e ingerem integralmente. Como sabemos, o aparelho digestivo da presa sempre está repleto de vegetais, folhas e grãos, alguns já digeridos, outros ainda não. Essa dieta naturalmente onívora quando consumida pelo predador é digerida e assimilada corretamente.

Portanto, uma dieta onívora ou totalmente vegetariana, de acordo com os avanços tecnológicos, pode ser considerada como natural, tanto para grandes felinos, como os leões, quanto para pequenos carnívoros.
Em todos esses anos de evolução a espécie humana, o gato e o cão se adaptaram a uma dieta onívora e até a vegetariana.

Mas em pleno século XXI há quem duvide disso e ainda batem os pés dizendo que cães e gatos são exclusivamente carnívoros. Alguns dizem que o cão é um carnívoro facultativo e, por este motivo, já se conformaram e aceitaram as dietas vegetarianas para cães, mesmo que à contra gosto. A seguir, responderei às perguntas mais frequentes sobre dietas vegetarianas para gatos e cães.

1. O gato pode ter uma vida totalmente saudável com uma dieta vegetariana?
Sim! Ambas dietas propiciam uma alimentação adequada, isto é, se estiverem devidamente balanceadas e condicionadas de acordo com as exigências nutricionais dos gatos e dos cães.

2. O gato sofrerá a falta de algum nutriente?
O gato ou o cão que recebam dietas vegetarianas específicas não poderão sofrer com a falta de nenhum nutriente, porque a dieta estará devidamente formulada, equilibrada e atenderá a todas as exigências nutricionais específicas. As referências para a formulação das dietas e as exigências nutricionais para gatos e cães, estão publicadas pelo National Research Council, no livro Nutrients Requirements of Dogs and Cats em 2003 e no Brasil em trabalhos publicados pelos nutricionistas e pesquisadores Aulus Carciofi, da UNESP e Flávia Saad, da UFLA.

3. Quais os ingredientes que seriam mais indicados e que trariam mais benefícios?
Como fontes de energia: as farinhas de Arroz, Trigo, Aveia, Milho, Germe de milho, Cevada, Sorgo e óleo de linhaça. Como fontes de Proteína: os farelos de Glúten de Milho, a Proteína texturizada de soja, Levedura de cerveja. Não existe ingrediente que seja universal, milagroso, completo, o mais forte e que traga mais benefícios aos animais sejam eles gatos, cães ou humanos ou ainda que substitua todos os outros ingredientes. O importante é não usar apenas uma fonte de energia ou de proteína na fórmula, mas sim, três ou mais para formar uma mescla bem balanceada. Atenção: o fornecedor deve ser idôneo.

4. A dieta vegetariana é recomendada para cães e gatos obesos, diabéticos, alérgicos, com problemas renais, cardiovasculares? Ela é uma ração “light”?
Não, em principio ela não é uma ração medicamentosa cuja finalidade é curar ou ainda prevenir doenças ou para que o animal perca peso. Uma dieta vegetariana é, dentro da classificação do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA), uma ração completa da mesma categoria que as rações não-vegetarianas.

5. As rações vegetarianas possuem Taurina e Cartinina?
Sim! As rações vegetarianas possuem Taurina e Carnitina sintéticas que são suplementadas. As fontes de proteínas animais contêm Vitamina B12, Taurina, Carnitina e Ácido ao Araquidônico, nutrientes que não são encontrados nas proteínas vegetais. Porém, isto não impede que se produza uma dieta exclusivamente vegetariana para gato, pois existe produção sintética da Vitamina B12, Taurina e Carnitina. Quanto ao Ácido Araquidônico, não há problema, pois existe uma fonte desse ácido de origem não animal que está há muito tempo disponível no mercado internacional. Portanto, basta apenas que se suplemente convenientemente a dieta.

Conclusão

É possível e saudável alimentar gatos e cães durante toda a vida com uma dieta exclusivamente vegetariana. Me perguntam qual o conselho que eu daria para as pessoas que queiram adotar uma dieta vegetariana para seus animais domésticos, o gato e o cão. Após uma reflexão filosófica sobre a palavra conselho, lhes digo que há três opções. A primeira é comprar de uma indústria idônea do setor de alimentação animal brasileiro, a ração vegetariana, no caso dos tutores de cães. A segunda é importar o produto que existe disponível no mercado internacional, no caso das rações para gatos. A terceira é fazê-la em casa, para tanto é necessária a assistência de um médico veterinário que seja nutricionista para que receite e lhe oriente como preparar, conservar e fornecer a dieta que dará ao seu gato ou cão. Relembro que no Brasil existe a ração vegetariana para cães há 13 anos, mas ainda não há disponível no mercado brasileiro uma ração vegetariana para gatos.

fonte: anda

comentário do altecir: eu dou pros meus 2 cachorros ração vegetariana, a marca é fridog vegetariana, eles adoram.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012


A um coração

Ai! Pobre coração! Assim vazio
E frio
Sem guardar a lembrança de um amor!
Nada em teus seio os dias hão deixado!...
É fado?
Nem relíquias de um sonho encantador?

Não frio coração! É que na terra
Ninguém te abriu... Nada teu seio encerra!
O vácuo apenas queres tu conter!
Não te faltam suspiros delirantes, 
nem lágrimas de afeto verdadeiro...
É que nem mesmo — o oceano inteiro —
Poderia te encher!...

Castro Alves
Os animais que você come não são aqueles que devoram outros, você não come as
bestas carnívoras, você as toma como padrão. Você só sente fome pelas criaturas
doces e gentis que não ferem ninguém, que o seguem, o servem, e que são
devoradas por você como recompensa de seus serviços

 Jean Jacques Rousseau
Entendo os cães que voltam para o dono. Entendo, também, os pombos que viajam, mas voltam para casa. Voltar é a sina dos bons corações.

M.M. Soriano


"Os cães são o nosso elo com o Paraíso. Eles não conhecem a maldade, a inveja ou o descontentamento. Sentar-se com um cão ao pé de uma colina numa linda tarde, é voltar ao Éden onde ficar sem fazer nada não era tédio, era paz."

Milan Kundera


Gosto de porcos. Os cães olham-nos de baixo, os gatos de cima. Os porcos olham-nos de igual para igual.

Winston Churchill


... o amor aos cães 
costuma ser acompanhado
 
por uma certa perda
 
de confiança no homem

Martha Medeiros

Ednardo - imã

video
Nesta batalha constante que chamamos "viver", procuramos estabelecer um código de conduta, conforme a sociedade em que somos criados, quer seja uma sociedade comunista, quer uma pretensa sociedade livre; aceitamos um padrão de comportamento como parte de nossa tradição hinduísta, muçulmana, cristã ou outra. Esperamos que alguém nos diga o que é conduta justa ou injusta, pensamento correto ou incorreto e, pela observância desse padrão, nossa conduta e nosso pensar se tornam mecânicos, nossas reações, automáticas. Pode-se observar isso muito facilmente em nós mesmos.

Jiddu Krishnamurti
Manifestação Permanente contra a Farra do Boi em SC

Apesar de declarada ilegal, a chamada Farra do Boi este ano, em Santa Catarina assumiu, mais uma vez, proporções de terror inimaginável, sem que as autoridades locais tenham tido êxito em impedí-la.

Em Governador Celso Ramos, município de SC, um animal chegou literalmente a se jogar ao mar, na tentativa de fugir de seus agressores, acabando por morrer afogado.

Desde então muitos de nós tem sistematicamente escrito aos responsáveis pelo policiamento e cumprimento das leis, para que DE FATO, as façam valer.

Estamos quase encerrando este ano, e francamente queremos EXIGIR que isto não se repita no ano que vem.

Peço a todos que desejem colaborar para evitar a repetição de mais uma tragédia anunciada, que se juntem a nós participando de um envio REGULAR (diário, se possível) de mensagens de protesto com relação à Farra do Boi.

Entre outros pontos, destaca-se a informação às autoridades do Estado de que será iniciado um BOICOTE ao turismo no estado, até que as autoridades finalmente façam cumprir as leis, decretando o FIM deste tipo de crime ocorrido nas ruas, a céu aberto, o que já deveria possibilitado o imediato acionamento dos mecanismos legais de inibição desta barbárie.

Afinal, não estamos aqui diante de um "crime doméstico", ocorrido entre 4 paredes, longe das vistas da sociedade.

A Farra do Boi acontece em diversos finais de semana mesmo em Florianópolis, e seu apogeu de TERROR é sabidamente a chamada Semana Santa, fato do conhecimento de todos, inclusive do aparato policual e judicial do Estado de Santa Catarina.

Há portanto previsibilidade e oportunidade suficientes para sua repressão, caso haja REAL VONTADE de fazê-lo.

Chega de impunidade e passividade.

fonte: Weeac

Sessão, fique atento...

PETA: Fabricante de marcas famosas como Veja e Bom Air testa em animais

Depois do polêmico caso da AVON, a surpresa desta vez vem da Reckitt Benckiser, empresa considerada a maior do mundo em produtos de limpeza. Dona de marcas como Veja, Poliflor, Vanish, SBP, Mortein, Detefon, Repelex, Bom Air Wick, Harpic, Destac, Nugget e várias outras, a RB está na lista de empresas que testam produtos em animais do PETA.

Segundo carta aberta da própria empresa, assinada em 2001, mas datada em seu site como 2009, os testes em animais só são realizados quando exigidos por legislação local/internacional. É portanto situação similar a da AVON, que prefere testar em animais a perder negócios em países que os exigem (como a China).

Você vai continuar comprando produtos da empresa? Enviar e-mails para questioná-la? Pressionar os governos que ainda exigem testes em animais (China, difícil…)?

fonte:eco4planet

sábado, 18 de fevereiro de 2012

Sessão crueldade humana...

Rodeios na Serra Gaúcha têm até globo da morte com burros


No último final de semana, a pequena cidade de Cotiporã, na região da Serra do Rio Grande do Sul, sediou o 18º Rodeio Crioulo Estadual de Cotiporã, em seu Parque Municipal de Rodeios. “Sucesso” foi a definição do evento pelo patrão do CTG Pousada dos Carreteiros, Ronei Fialho. Além das provas campeiras e artísticas, a cancha B teve a pega do porco engraxado, gineteadas, montaria em pôneis e globo da morte com burros.
No ano passado, Cotiporã, ‘A Jóia da Serra Gaúcha’, sediou a III Festa Campeira promovida pelo CTG Pousada dos Carreteiros. Naquela ocasião ocorrera a inauguração da Cancha B, para crianças montarem em ovelhas e lançarem terneiros, além de porcos cobertos de graxa e peões montando cavalos que não aceitaram ser domados. Na ocasião, protetores da região contataram com Ronei Fialho, que disse que objetivo era “afastar as crianças das drogas”.
E neste feriadão de Carnaval, a cidade vizinha, Fagundes Varela, realiza o 18º Rodeio Crioulo do CTG Alma Nativa, com laço, ordenha da vaca parada, cura dos terneiros, dança do cepo e gineteada em ovelhas. A Prefeitura Municipal, através de vários setores, está auxiliando na realização do evento.
fonte:anda
comentário do altecir: que tristeza a gente ver que têm muitos gaúchos que têm orgulho dessas barbaridades. 
O Rio Grande do Sul é o único estado onde a caça é permitida e o único onde as queimadas nos campos de pastoreio também são permitidas.. e tem gente que ainda sente orgulho de ser gaúcho, eu não.
O que você vê?

um bebê ou carne de vitela?


fonte: WEEAC
Pablo, 4 anos: “Mataram o meu cachorro…Foi a polícia”
Desde 22 de janeiro, um dolorido lamento ecoa por todos os abrigos onde estão as quase 2 mil famílias expulsas violentamente do Pinheirinho por policiais da Polícia Militar e da Guarda Civil Municipal (GCM): “mataram o meu cachorro”.

A ativista Carmen Sampaio já perdeu a conta de quantas vezes já ouviu crianças fazerem o mesmo relato. Durante a desocupação, PMs mataram animais domésticos à bala. Ela ficou mais próxima de Pablo, 4 anos de idade, que viu o seu cãozinho ser assassinado pela PM. Hoje, Carmen me “apresentou” ao seu amigo.

“O Pablo é um menino inteligente, muito bem cuidado pelos pais”, conta-me. “Ele continua brincando, só que, de repente, diz ‘mataram o meu cachorro’. Às vezes está comendo ou conversando com alguém, para e sem ter por que repete ‘mataram o meu cachorro’. ”

Nem agora, após terem tido as casas e os pertences destruídos por ordem do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), do prefeito de São José dos Campos, Eduardo Cury (PSDB), e da juíza Márcia Loureiro, os ex-moradores do Pinheirinho são deixados em paz.

A Prefeitura de São José dos Campos e o governo do Estado de São Paulo continuam agindo, agora para expulsá-los dos abrigos. Clima de terror reina. PMs andam armados pelos espaços, espalhando pavor e medo nos despejados em geral, especialmente nas crianças.

Apesar de muitas terem tido os seus animais de estimação mortos por PMs, os pais têm medo de falar, pois a intimidação é escancarada. Mas o pai de Pablo deu autorização para Carmen gravar este depoimento.

video
fonte: anda

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Hoje, 17 de fevereiro, nosso dia está mais cinza

Hoje pela manhã, nosso amigo Malazarte estava me esperando na porta para ganhar sua papinha, pois ele não tinha mais dentes e comia papinha. Mas não estava de pé, relinchando como sempre, e sim deitado e me olhava com um olhar tão carinhoso que eu senti que ele estava se despedindo. Depois de alguns minutos, fechou os olhos e foi embora para sempre. Agora vai conhecer a paz que deveria ter conhecido em vida. Vá em paz, meu amigo, e lá de cima olhe por seus outros amigos que sofrem, e nos ajude a salvá-los", relata Marcia, diretora da ONG Chicote Nunca Mais.
fonte: chicote nunca mais
Pena para quem maltratar animais pode aumentar

A pena prevista para quem abusar, maltratar, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos, pode aumentar de detenção de três meses a um ano para reclusão de um a cinco anos. É o que prevê o Projeto de Lei 3142/12, que altera a Lei 9605/98.

A pena de reclusão é reservada para crimes mais graves e pode ocorrer em regime fechado. Já a detenção é, em geral, cumprida em regime semi-aberto ou aberto.

O autor da proposta, deputado Ricardo Izar (PSD-SP), argumentou que as penas atuais não têm inibido os crimes contra a fauna brasileira. “Apenas no disque-denúncia de São Paulo, foram contabilizadas 265 denuncias em 2011. Esse é o número mais elevado já registrado e deve-se levar em conta que a denúncia desse tipo de crime ainda é uma prática pouco disseminada na sociedade brasileira, o que nos permite aferir que o número real é muito superior”, ponderou.

O projeto está aguardando despacho do presidente da Câmara, deputado Marco Maia, para seguir para as comissões da Casa.

fonte: anda

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Recria tua vida, sempre, sempre
Remove pedras e planta roseiras e faz doces
Recomeça

Cora Coralina

Olha só...

Se você gosta da sensação de pisar na grama, que tal ter isso a qualquer hora?

Minha criação em São Paulo impediu o costume de andar descalço. Pelo contrário, calçados, dentro ou fora de casa, sempre foram regra (muito frio pra ficar descalço em casa, muita sujeira pra tentar isso na rua). Mas tem quem realmente goste do contato com o solo e uma das sensações preferidas é a de pisar na grama. Então, porque não ter isso a qualquer hora?

Foi pensando nessa necessidade um tanto específica que uma fabricante australiana resolveu colocar grama nos chinelos, artificial infelizmente (ou felizmente, já que grama real não duraria nada sendo pisoteada o tempo todo). A ideia é que ao fechar os olhos a sensação de estar em contato com a Natureza venha a toda. Talvez seja pouco enquanto ouço celulares tocando e cheiro de fumaça no ar…

Se você se interessou, peça um no site da KUSA Shoes (sim, eles enviam para o exterior mas dizem ter “reduzido” os envios) por pouco mais de R$ 50. Talvez haja cobrança de frete e as opções de tamanho “pequeno, médio ou grande” sejam insuficientes para dar conforto e firmeza, mas ei, é grama roçando a sola do seu pé na hora em que você quiser!

fonte: eco4planet
O caminho do meio não ajuda nas mudanças de atitude

O Caminho do Meio (Madhyama Pratipad, em sânscrito) é uma tradicional expressão budista. Ouço-a sempre, raramente vinda de pessoas ligadas a questões espirituais e muito mais vinda de leigos que a ouviram por aí. Siga pelo ‘caminho do meio’, deixe de radicalismos, temos de ouvir certas vezes.
Respeito as religiões, embora não seja obrigada a concordar com elas. Tal frase infelizmente é proferida por todas as pessoas que querem se desculpar e se manter em cima do muro. Não tomando atitude alguma de mudança. Raramente uma pessoa espiritualizada verdadeiramente sai falando essas expressões, usando conceitos que somente tem sentido diante de certas atitudes elevadas.

A mudança requer atitudes drásticas em muitos dos casos. A maioria das mudanças na humanidade ocorreram com mudanças bruscas de atitudes e não com conciliação, comodismo ou conveniência.

Para mudar, temos que tomar posições. Se queremos a liberdade, temos que lutar por ela e nao conciliar formas amenas de prisão.

O sujeito preocupado com os direitos animais, deve tomar atitudes condizentes. Não pode ser hipócrita a ponto de achar que as coisas se ajeitarão sem sua participação ativa.

Pode também pensar no uso adequado dos recursos naturais. Coisa que muito se fala, mas pouco se faz. Basta irmos ao supermercado para vermos que as ecobags, por exemplo não colaram.

Pensar no ambiente é também pensar nos animais, já que estes dividem o mesmo planeta Terra conosco. Não somos absolutos aqui.

A atitude de pouco se importar com a natureza, prejudica muitas espécies animais, que usam recursos naturais, que habitam diversos ecossistemas da Terra.

A atitude de só se importar com os ecossistemas distantes ignora que somos nós os urbanos também parte da natureza e que aqueles indivíduos que estão nos matadouros, granjas, fornecendo ovos, vitela e por consequência o leite, também são seres interessados em seu próprio bem estar. São dignos de consideração.
Seguir o ‘caminho do meio’ neste caso deveria ser tomar uma atitude ‘radical’ e correta, a ponto de ter uma dieta livre da exploração de animais (é possível, com os atuais recursos alimentícios, é barato e acessível a toda a população), ser ecológico e preocupado com as questões políticas, pois estas influem diretamente em tudo o que fazemos e na vida dos animais e ecossistemas.

Mas ainda ouço: ‘siga o caminho do meio’. E a pessoa que diz isso nada faz nem pelo ambiente natural que ela tanto valoriza, nem pelos animais. Apenas vive sua vidinha de conciliações que resume em agradar a todos os que estão próximos. Mas isso é rasteiro.

Não pode contrariar o fulano, nem o sicrano. Fuma e bebe à exaustão, acha bonito. Se entope de carne, laticínios, colaborando para a exlporação ambiental e animal. Usa drogas e com isso colabora com o sistema intrincado de corrupção e exploração humana – e consequentemente animal. É só fazer as conexões. Não pode contrariar o marido, nem a esposa, o que os amigos vão dizer…

Mudar vícios e atitudes, adquirir novos hábitos é coisa que poucos se animam a fazer. Muito mais se escreve ou se cita estes assuntos, mas não vemos atitudes práticas no dia a dia. Falo de atitudes significativas.

Para um planeta superhabitado, é preciso atitudes que tenham peso e não meros descarregos de consciência. Tapar a tampa da panela não vai contar, no final das contas. Pode ser uma atitude de economia doméstica, mas para o planeta as medidas tem de ser em grande escala. Repensar tais atitudes já está acontecendo, falta tomar atitude e tem que ser já.

fonte: Vegano: desobedecendo - Ellen Augusta Valer de Freitas
Minha força está na solidão. Não tenho medo nem de 
chuvas tempestivas nem de grandes ventanias soltas, pois eu 
também sou o escuro da noite. 

Renda-se, como eu me rendi. Mergulhe no que você não 
conhece como eu mergulhei. Não se preocupe em entender, 
viver ultrapassa qualquer entendimento. 

Eu não sou triste assim, é que hoje eu estou cansada. 

As pessoas mais felizes não têm as melhores coisas. 
Elas sabem fazer o melhor das oportunidades que aparecem 
em seus caminhos.. 

Clarice Lispector
Abaixo-assinado exige retratação do apresentador Cacau Menezes

Após a veiculação dessa notícia pela ANDA, foi criado um abaixo-assinado para que o comentarista da RBS, Cacau Menezes, se retrate em relação às besteiras que disse ao culpar os animais que vivem nas ruas por estarem presentes nas praias e insultar os tutores de animais ao dizer que sofrem de “carência sexual”.

Foram enviados e-mails para o Cacau Menezes e para o editos-chefe do Jornal do Almoço/SC, contudo, sem resposta. Apenas o Cacau Menezes se manifestou ao nos mandar para um HOSPITAL PSIQUIÁTRICO, demonstrando toda a falta de respeito que ele tem pelos próprios telespectadores.

Por isso, vamos assinar essa petição para que eles se retratem e tenham mais respeito pelos animais abandonados e pelas pessoas que se importam com eles.

Não podemos deixar isso assim! Vamos assinar e divulgar para nossos contatos!

Assine a petição: http://www.peticaopublica.com.br/PeticaoVer.aspx?pi=P2012N20683

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012


Oh ! aquele menininho que dizia
"Fessora, eu posso ir lá fora?"
mas apenas ficava um momento
bebendo o vento azul ...
Agora não preciso pedir licença
a ninguém.
Mesmo porque não existe paisagem
lá fora: somente cimento.
O vento não mais me fareja a face
como um cão amigo ...
Mais o azul irreversivel persiste em meus olhos. 

mário quintana

Olha só que tri...

Homem semi-nu rasteja em rio congelado na Inglaterra para salvar cachorro
Homem de cueca rasteja para salvar cachorro

Testemunhas relataram que o cachorro caminhava pelo Rio Stour quando o gelo se quebrou. O tutor do animal rapidamente tirou as roupas e rastejou pelo gelo fino até alcançar o cachorro. Após puxar o animal, o homem voltou à margem, se vestiu e foi embora. A ação foi considerada irresponsável por quem assistiu a cena.

O porta-voz dos bombeiros de Essex, Stuart McMillan, disse que por mais que o gelo aparente ser grosso, muitas vezes pode ser fino como a casca de um ovo. “Os riscos de uma pessoa cair e ficar presa sob o gelo é grande. As chances de sobrevivência são mínimas”, disse. “É mais fácil o animal sair sozinho do gelo e voltar a um lugar seguro do que um ser humano fazer isso”.

fonte: anda
Ajude a parar com a crueldade, não coma carne
seja vegetariano