Quem sou eu

sábado, 31 de março de 2012

Olha só...

Prédios que derretem prometem o fim do ar condicionado

A busca por métodos mais econômicos para encontrar sistemas de refrigeração sustentáveis é uma dor de cabeça constante na vida dos arquitetos e engenheiros. Mas parece que o novo prédio do campus da Universidade de Washington, em Seattle, trouxe uma resposta interessante.

A solução? Deixar que o prédio derreta. Isso porque, no interior das paredes e do teto, há uma fina camada de um gel chamado PCM (“Phase Change Material” ou Material de Mudança de Fase, em português). Esse material, quando aquecido, muda do estado sólido para o líquido, ajudando a diminuir a temperatura do edifício.

Mas quão bom um gel PCM pode ser no resfriamento? Para efeito de comparação, uma “tira” de 1,25 cm de largura consegue se mostrar tão eficiente na retenção de calor quanto 25 cm de concreto, segundo a revista New Scientist. Em resumo, ele é 20 vezes mais potente para isso que o material usado atualmente na maioria das construções.

Se mesmo esses números não foram suficientes, a economia que ele gera deve certamente provar as vantagens do material: o PCM usado no prédio da Universidade de Washington deve reduzir o consumo de energia gasto com o resfriamento do ambiente em 98% – quando a construção estiver pronta.

Que a verdade seja dita: esse gel não é capaz de resfriar o ambiente, não sozinho. O que ele faz, de acordo com o site World Architecture News, é absorver calor, desacelerando drasticamente a velocidade com que o prédio esquenta. Dessa forma, sistemas de ar-condicionado podem manter a construção resfriada com facilidade.

Mas o fato é que o PCM tem o efeito oposto durante a noite, horário em que a temperatura tende a cair consideravelmente. Nessa hora, ele libera todo o calor armazenado para dentro do ambiente, tornando sistemas de aquecimento completamente desnecessários.
fonte:tecmundo

Sessão estupideza humana...

Ganhador do BBB12 é contra castração de animais e a favor de rodeios
Que o Big Brother Brasil é sintoma de uma sociedade doente, disso nós já sabíamos. O nível é tão baixo que nem mesmo o meio acadêmico parece se interessar nesse lixo cultural como um tema sociológico, como acontecia com as telenovelas no passado.

Com a vitória do cowboy Fael no final do BBB12, com os 92% dos votos, o público superou sua admiração por tipos desprovidos de ética em relação aos animais, embora isso esteja de acordo com o tipo de político que o brasileiro prefira eleger.

Aparentemente, Fael tem cara de bom moço, mas como todo mundo sabe as aparências enganam. O rapaz é membro do Clube do Laço, um esporte violento que aterroriza e machuca bezerros. Apesar de ser veterinário, ele é contra a castração de animais. Com o dinheiro que ganhou pretendeexplorar gado para fazer sua grana crescer. Ao que parece ele também disse que quando mais jovem roubava galinhas para matar na Semana Santa e uma vez embriagou um porco para que não gritasse ao ser roubado.

O fato do público ter ouvido de sua própria boca todas essas atrocidades e ainda assim votar nele como vencedor do BBB12 testemunha mais contra o público do que contra o cowboy. Fael de uma certa forma representa o brasileiro, que apesar de sua reputação de um povo caloroso e dócil, esse jeito de caipira inocente que o povo cultiva, esconde uma personalidade maliciosa e um desrespeito pelas regras básicas de civilidade.

fonte: anda

comentário do altecir: o que me fez colocar esta notícia no blog, foi de uma conversa com uma colega de trabalho que disse que ficou até às duas horas da manhã vendo esta porcaria chamada big bosta brasil. Eu fiquei apavorado, que pessoas, teoricamente com algum nível de instrução e inteligência, assistissem este lixo.

quinta-feira, 29 de março de 2012



A sua irritação não solucionará problema algum...
As suas contrariedades não alteram a natureza das coisas...
Os seus desapontamentos não fazem o trabalho que só o tempo conseguirá realizar.
O seu mau humor não modifica a vida...
A sua dor não impedirá que o sol brilhe amanhã sobre os bons e os maus...
A sua tristeza não iluminará os caminhos...
O seu desânimo não edificará ninguém...
As suas lágrimas não substituem o suor que você deve verter em benefício da sua própria felicidade...
As suas reclamações, ainda mesmo afetivas, jamais acrescentarão nos outros um só grama de simpatia por você...
Não estrague o seu dia.
Aprenda a sabedoria divina,
A desculpar infinitamente, construindo e reconstruindo sempre...
Para o infinito bem!
Chico Xavier

quarta-feira, 28 de março de 2012

No momento em que uma criança nasce, a mãe também nasce. Ela nunca existiu antes. A mulher existia, mas a mãe, nunca. Uma mãe é algo absolutamente novo.
A menos que você aceite com gratidão tudo o que a vida traz, você está deixando escapar o sentido.
Ficar louco de vez em quando é necessidade básica para permanecer são.
"Não se preocupe com a perfeição. Substitua a palavra "perfeição" por "totalidade". Não pense que você tem de ser perfeito, pense que tem de ser total. A totalidade dá a você uma dimensão diferente."
 Rajneesh

terça-feira, 27 de março de 2012

A triste realidade do dia a dia de um protetor...

Muitas vezes, na proteção animal, nos deparamos com cenas fortes, marcantes, que nos deixam cicatrizes profundas...
A maioria dessas cenas são criadas por nossos "semelhantes"....
Como na foto que divulgo hoje...
Sábado as 7:00 hs da manhã, entro na Pedra de Guaratiba com o meu carro e vejo uma coisinha pequena se debatendo no asfalto...
De um lado uma moça com as duas mãos na boca, os olhos demonstravam piedade...
Na outra calçada uma mulher loira, parecia embriagada, rindo daquela situação...
No meio disso tudo consegui olhar melhor e ver que se tratava de uma gatinha, ainda filhote, que havia acabado de ser atropelada e tentava lutar pela vida...
Se debatia, tentava se arrastar, passando a patinha da frente pela cabeça, como se algo tivesse causando um grande incomodo...
Parei o carro, jamais passaria direto...
A mulher loira grita:
- Ela já está praticamente morta! Vai parar porque?
A outra mulher fica calada, com olhar aliviado por alguém fazer algo...
Tentei segurá-la da maneira mais confortável possível e me apavorei quando percebi que seu olho estava completamente para fora...
O sangue escorria e ela aos poucos foi perdendo a força, com muita dificuldade de respirar...
Ela não resistiu, morreu nos meus braços, era apenas um filhote...
Coloquei-a em um pano que estava no meu carro e a levei comigo...
A essa altura, as pessoas não entendiam mais nada...
Porque aquela mulher que parou o carro tão segura levaria um corpo consigo?
Então a mulher loira faz a pergunta que todos gostariam de fazer:
- O que você vai fazer com esse corpo?
Eu respondi:
- Darei a ela um enterro digno!
A mulher loira gargalhando começa a gritar:
- Vê se pode! Vai enterrar um bicho!!!
Eu não resisti e respondi:
- Sim minha senhora, irei enterrar essa gatinha e tenho a certeza que o enterro dela teremos muito mais pessoas do que no seu!

Sei que muitas pessoas vão me criticar por estar divulgando essa foto, que na dura realidade do nosso dia a dia não faz o menor sentido, só irá mesmo chocar alguns e deixar outros enojados...
Mas acredito que toda experiência deve ser usada para conscientizar as pessoas, para conscientizar os humanos que ainda tem algum jeito..
Canso de ouvir gente de todo tipo, gente sem noção dizendo que a vida de um protetor deve ser um sonho...
Então aproveito para compartilhar agora um pouquinho desse "sonho"
Que mais pessoas possam acreditar que ao parar seus carros ao avistar um atropelamento, poderão sim, fazer a diferença na vida desses pequenos...

Eu sei que não a salvei!
Eu sei que não fiz grandes diferenças!
Mas eu sei também que ela não morreu sozinha... Com essa morte sofrida e cruel partiu um pedacinho do meu coração.
Que ela esteja em paz em algum lugar onde ninguém se satisfaça com o sofrimento de qualquer Criatura de Deus.
Renata Prieto
fonte: Garra

quinta-feira, 22 de março de 2012


Ainda bem que sempre existe outro dia. E outros sonhos. E outros risos. E outros amores. E outras pessoas. E outras coisas.
Tem gente que tem esse dom. De não ser feliz e querer enferrujar o sorriso alheio.
Não vamos enlouquecer, nem nos matar, nem desistir. Pelo contrario: vamos ficar ótimos e incomodar bastante ainda.
Tenho medo de já ter perdido muito tempo. Tenho medo que seja cada vez mais difícil. Tenho medo de endurecer, de me fechar, de me encarapaçar dentro de uma solidão -escudo
Procurando com meus olhos, ando viciado em coisas lentas, lentas e essenciais, em música e, sobretudo, estou viciado em silêncio.
Se algumas pessoas se afastarem de você, não fique triste, isso é resposta da oração: "livrai-me de todo mal, amém.
Caio Fernando Abreu


Não confundas o amor com o delírio da posse, que acarreta os piores sofrimentos. Porque, contrariamente à opinião comum, o amor não faz sofrer. O instinto de propriedade, que é o contrário do amor, esse é que faz sofrer. (...) Eu sei assim reconhecer aquele que ama verdadeiramente: é que ele não pode ser prejudicado. O amor verdadeiro começa lá onde não se espera mais nada em troca.

Antoine de Saint-Exupéry

Olha só que tri...

pretinha e a vermelha

video
dois membros da família

Olha só...protetora necessita ajuda

Banzé e Cacau

video

Protetora Giselle necessita ajuda para custear seus protegidos.

Oi amigos!

Tudo bem?

Como a rifa está um tantinho devagar...e o tempo corre.....venho iniciar uma arrecadação para pagar o hotel da Zoo Lógica de 2 cães que tenho ainda lá em Piedade, o Fila Fofão e o SRD idoso Seth.

Neste último domingo, estive com a querida amiga Deusa lá em Piedade para ver minhas crianças e depois fomos ver Banzé e Cacau (deles mandarei fotos novas em outro e-mail)...seguem fotos do Seth e do Fofão...meus meninos lindos que precisam demais de um lar..mas enquanto o tão sonhado dia de sorte não chega...preciso mantê-los.....e para tanto venho pedir socorro.

Juntando a mensalidade de cada um + tratamento da pata do Seth q ainda não paguei e vacinas....o total do boleto ficou em R$ 668,00 com vencimento em 30.03.12.

Quem pode ajudar amadrinhando/apadrinhando um pouquinho neste mês?

Para ajudar:

Bradesco
Ag 475
Cc 62009-2

Itaú
Ag 1788
Cc 06613-0

CPF: 343.648.248-01


Obrigada de coração a quem puder ajudar e me perdoem vir sempre aqui pedir socorro...
(11) 7856-4368

Facebook: Giselle Sarbouck Pastorello

terça-feira, 20 de março de 2012


Não há enganos.
Os acontecimentos que recaem sobre ti,
por muito desagradáveis que sejam,
são necessários para que aprendas
aquilo que precisas aprender.
Cada passo que dás
é necessário para chegar ao local
que escolheste.
Richard Bach

Sessão: estupideza humana...

Alunas de Veterinária posam para foto com fetos mortos de animais


Alunas de Medicina Veterinária do CESCAGE (Centro de Ensino Superior dos Campos Gerais) em Ponta Grossa/PR rasgaram a bioética ao posarem para fotos com fetos aparentemente de cães.

Printscreen enviado por e-mail à ANDA mostra a foto para a qual as alunas posaram com os fetos mortos. Clique na foto para aumentá-la.

As alunas foram identificadas, via denúncia por e-mail à ANDA, como Ana Maria Moleta, Leticia Schultz, Letícia Campos, Aylia Pietrowski, Rafaela Horn, Fabiola Jarkoski e Cami Amaral.

É possível denunciá-las para a coordenação do curso de Medicina Veterinária do CESCAGE e à ouvidoria da faculdade, de modo que atos de banalização da vida animal como esse sejam coibidos e o curso em questão não forme gente que vê animais não humanos como meras coisas, mas sim pessoas que respeitam os animais e querem salvar-lhes a vida por respeito e profissionalismo.
fonte: anda

Olha só que legal...

video

Olha só que tri...


despedida do verão...

clique na foto para ampliar

fonte: correio do povo

segunda-feira, 19 de março de 2012

Desenvolver-se significa mover-se a cada momento mais profundamente no princípio da vida; significa afastar-se da morte - não ir na direção da morte. Quanto mais profundo você vai para dentro da vida, mais entende a imortalidade dentro de você. Você está se afastando da morte: chega a um momento em que você pode ver que a morte não é nada, apenas um trocar de roupas ou trocar de casas, trocar de formas - nada morre, nada pode morrer. A morte é a maior ilusão que existe.

Osho

Hora do Planeta 2012

Olha só que tri...

Sem teto que adotou gato escreve sobre a vida dos dois nas ruas de Londres
Felino foi adotado por músico sem-teto
e tem até cartão para viajar de graça no metrô
 

Desde que entrou para a vida do músico sem-teto James Bowen, o gato vira-lata Bob se transformou em seu companheiro inseparável, nas ruas de Londres. (Foto: Reuters)

A vida de Bob é cheia de reviravoltas. Tanto que seu tutor conta suas aventuras nas 320 páginas de um livro, lançado nesta semana em Londres (Inglaterra).

Após uma briga com outro animal de rua, o bichano foi encontrado bem machucado pelo músico James Bowen, também um sem-teto, em seu abrigo, no ano de 2007.

Comovido com o estado do gatinho, Bowen resolveu cuidar dele, com a ajuda de funcionários de uma entidade de proteção a animais da cidade. Mas ele não imaginava que seria “adotado” pelo gatinho.

Desde então, a dupla se tornou inseparável. Juntos, Bob e Bowen conquistaram uma legião de fãs com suas apresentações musicais na entrada da estação Angel do metrô londrino, nos trens e nos ônibus da capital britânica.

Bob ganhou um cartão especial, do governo local, que dá direito a viajar de graça pelo metrô e pelos ônibus de Londres. (Foto: Luke MacGregor/Reuters)

São tantas histórias, nesses quatro anos de convivência, que Bowen resolveu escrever o livro A Street Cat Called Bob (em tradução livre, “Um gato de rua chamado Bob”). Segundo a imprensa britânica, a obra tem de tudo para se transformar em filme de sucesso.
fonte: R7

sábado, 17 de março de 2012

APABG- CÃES PARA ADOÇÃO

Animais para adoção, ajude, adote com responsabilidade!  



















Todos os animais, Cães e gatos, aqui divulgados esperam URGENTE ganhar um lar protetor! Adote com amor e responsabilidade. Ajude, seja um PADRINHO/MADRINHA LEGAL, DOE RAÇÃO, REMÉDIOS, CASINHAS, PRECISAMOS DE TODA A AJUDA DISPONÍVEL!! A APABG PEDE SOCORRO, ESTAMOS COM MAIS DE 100 ANIMAIS SOB NOSSA RESPONSABILIBADE E NÃO PODEMOS MAIS RECOLHER ANIMAIS POIS NÃO DISPOMOS DE RECURSOS PARA ISSO, ESPERAMOS QUE A NOSSA COMUNIDADE NOS AJUDE A CONTINUAR AJUDANDO AQUELES QUE NÃO TEM VOZ NEM VEZ!!!
fonte: apabg

sexta-feira, 16 de março de 2012

Vitório
A vida já  me pregou muitas peças,como acontece com todo mundo. No entanto, sempre fui um cavalo de luta, um cavalo guerreiro.Tenho a consciência tranquila  que fiz minha parte, apesar de não saber  até agora qual era... Trabalhei muito. Apanhei muito.  Passei muita fome. Sou esbelto assim não por modismo ou que esteja pleitiando a carreira de modelo. É pela fome mesmo! Fome e sede é muito triste  e não deveria ser imposta a qualquer ser vivo. Um ser vivo tem o direito de ter  suas necessidades vitais atendidas...Mas fazer o quê? É a vida dos cavalos... Somos escravos e o mundo é cego! Talves sejamos invisíveis, não sei.Quem sabe um duende verde e  brincalhão tenha derramado um pó de "pirimpimpim"  em nós os  cavalos...  ficamos  invisíveis nesta terra....E possível! Ninguém vê nosso sofrimento, nossas chagas e ainda  dizem que somos apenas um cavalo. Enfim! Ontem, dia 15 de março de 2012 foi minha redenção: encontrei o paraiso dos cavalos. Recebi o nome de Vitório. Bonito não? Vitório porque a vida foi vitoriosa. Me deram  remédio para dor, ganhei comida farta e água fresquinha.Água direito de todos... Pela primeira vez na minha vida ví gente trabalhando para mim. As moças vieram dentro do reboque junto comigo para que eu não caisse. Nunca imaginei que ouvessem humanos assim. Ganhei uma madrinha que  brigou e chorou muito me defendendo. Ela quer ser minha tutora. Fico pensando...  numa fração de segundos pode mudar a vida da gente.  A minha felizmente foi para melhor.
Agora é só curtir o vidão!
 fonte:chicote nunca mais

minha voz
não chega aos teus ouvidos
meu silêncio
não toca teus sentidos
sinto muito
mas isso é tudo que sinto

vontade de ficar sozinha
só para saber
se você ia
ou vinha
quando deixou
esse bagaço
no meu peito
pedaço estreito
defeito na mercadoria
do jeito que você queria

já não temo fantasmas
invoco a todos
que venham em bando
povoar meus dias
atormentar minhas noites
entre tantos
loucos e livres
existe um
que é doce
e que me falta

Alice Ruiz

terça-feira, 13 de março de 2012

Joyce - clareana

video

Aninha e suas pedras

Não te deixes destruir…
Ajuntando novas pedras
e construindo novos poemas.
Recria tua vida, sempre, sempre.
Remove pedras e planta roseiras e faz doces. Recomeça.
Faz de tua vida mesquinha
um poema.
E viverás no coração dos jovens
e na memória das gerações que hão de vir.
Esta fonte é para uso de todos os sedentos.
Toma a tua parte.
Vem a estas páginas
e não entraves seu uso
aos que têm sede.

Cora Coralina

O Vira-Lata está de luto...

Volta Redonda/RJ - 13 de março de 2012.

Olá amigo,

no dia 02 de março, o cavalo Dominique, como foi batizado pelo Vira-Lata , morreu.

Dominique foi apreendido pela 93DP de Volta Redonda, no dia 16 de Junho de 2011, após denúncia por maus tratos, feita pelo Vira-Lata .
Mesmo com um carcinoma (câncer) no focinho, Dominique puxava carroça no projeto "Bota Fora", do bairro Sessenta, que é apoiado pela Prefeitura de Volta Redonda.

Na busca pelo tratamento de Dominique percebemos que o final destes animais é sempre muito cruel. Animais velhos e doentes são abandonados em beiras de estrada, campos ou em centros urbanos. Grande parte dos veterinários aconselha o “abate”, visto que “não vale à pena” gastar dinheiro com um animal que já não “serve para nada”.
O Vira-Lata, porém, após uma vasta busca por veterinários éticos e bem dispostos, teve a sorte de encontrar veterinários que acima de tudo respeitam e lutam pela vida.

No princípio de sua aposentadoria, enquanto aprendia a conviver com seus protetores, Dominique estava receoso e não aceitava muito contato. Aplicar a medicação era trabalhoso e cansativo.

A ideia de sacrifício era cada vez mais distante, pois logo que Dominique percebeu que era amado, cuidado e respeitado, ganhou confiança e auto estima. Logo passou a aceitar o tratamento, pacientemente, por até 5 horas consecutivas, sem se mexer ou reclamar.

Durante os 9 meses de tratamento, mesmo emagrecendo e cada vez mais debilitado, Dominique se mostrava muito agradecido e disposto a viver. Conforme o tempo passava, o tumor evoluía e ocupava grande parte de sua cara, o que dificultava a respiração e tornava difícil e lento o momento em que se alimentava e bebia água. Dominique pastava pouco e sua dieta se resumia a grande quantidade de ração úmida por dia. Às vezes, quando disponível, Dominique se aventurava a comer mangas e goiabas que encontrava pelo chão ou que, com muita dificuldade, ele mesmo arrancava do pé.
Interagia com as pessoas que cuidavam dele, e os animais que o cercavam.
Reclamava quando alguma coisa estava errada e atendia quando era chamado por Dom.

Infelizmente, apesar da luta constante e do curto período de sua abolição, a doença venceu.

Dominique, teve a sorte de ter sido resgatado das mãos de seu algoz. Neste momento, na cidade em que você vive, com certeza, há muitos “Dominiques” dividindo espaço com carros, puxando uma carroça pesada , trabalhando com sol e asfalto quentes.
Sem descanso, sem comida e água, puxam carroça muitas vezes por 10, 12 horas.
São poucos os cavalos que não levam uma vida de escravo. Mesmo os afortunados, lindos e com grande valor de mercado, pouco valem quando ficam doentes ou têm uma pata quebrada. São, na nossa cultura antropocêntrica, “objetos” descartáveis que precisam dar “lucro” que muitas vezes sequer são revertidos para seus cuidados.

Em Volta Redonda o trabalho dos carroceiros , chancelado pela prefeitura, é indecente! Não existe a menor infraestrutura para os animais. Vivem em um local imundo, entre galinhas e porcos. Não são supervisionados, não há veterinários, não há sequer sombra , água, ração e pasto.
Durante à noite, os cavalos ficam soltos pelas ruas dos bairros vizinhos ao Bota-Fora, famintos, revirando lixo e colocando em risco, os motoristas desavisados.

Já passou da hora de capacitar estes carroceiros para outras funções e libertar estes animais.

A única política pública para os animais, em Volta Redonda é a castração oferecida no CCZ, “gratuitamente”, para os animais dos moradores da cidade. Obra do governo anterior (Lei Municipal 4.108).
Porém, a castração se limita aos animais que são levados por seus guardiães, ao CCZ.
Os animais errantes, continuam sem políticas de controle populacional.

A castração que deveria não ter custo algum, se torna inviável para alguns contribuintes, visto a receita de pós operatório com custos super elevados. Esta prática, além de colocar o animal em risco, pois muitos não têm como pagar os medicamentos, nos parece uma “cilada” por parte da prefeitura.

A prefeitura de Volta Redonda é omissa quanto aos animais. Há o Bota-Fora (carroceiros), a feira de venda animais na Vila todos os domingos, que é ILEGAL, o zoológico, e os animais errantes.
Nada foi feito pelos animais neste governo!
Informamos, inclusive, que o prefeito Antônio Francisco Neto, como dissemos na matéria ao Jornal Aqui, não recebe o Vira-Lata em seu gabinete.

No próximo mês, teremos a “Festa do Peão Boiadeiro” que acontece há 15 anos em nossa cidade. Este ano, temos uma novidade: Saíram os touros e o rodeio e teremos o "Horse show”, um “espetáculo” com cavalos.

Este show mostra que algo está acontecendo nos bastidores do rodeio, além dos maus tratos.
A princípio, a notícia da troca dos animais, agradou bastante gente.
Mas convidamos você, caro leitor, a pensar no treinamento , no deslocamento e stress que estes cavalos passam durante a apresentação com luzes e barulho excessivos.

Somos assim tão desinteressantes que não podemos entreter uma plateia?
Por que nós, humanos, insistimos em usar animais para nosso divertimento e para suprir nossas vaidades ?
Se nosso governo investisse mais em cultura e arte para os artistas locais, aquele espaço não precisaria de animais.

É válido saber que o movimento que os defensores dos animais fizeram no ano passado, de alguma forma, inspirou uma mudança. Mas não se engane, não teremos o show de horrores que é o rodeio, mas aquela arena estará repleta de “Dominiques “que são lindos, fortes, animais com espírito libertário, porém, escravos.

Alguns dos Inquéritos (citados no texto ) do Vira-Lata no Ministério Público de Volta Redonda:

CCZ: IC 484/07

Rodeio: IC 54/2011
Bota Fora: IC 82/2011
Venda de animais na feira da Vila: IC 197/11
Zoológico: IC 200/11
Agradecemos imensamente o apoio dos veterinários: Dr Carlos Henrique Machado, Dr Douglas Bastos Vaz e ao médico oncologista Dr Rodrigo Leijoto.

Cabe a nós, cidadãos de Volta Redonda, trabalhar por mudanças verdadeiras em relação aos animais de nossa cidade.
Contamos com você!

Olha só...


O que faz mal ao coração?

Todo mundo conhece as principais causas de doenças cardíacas: obesidade, vida sedentária, cigarro, estresse... Porém, não são só esses pré-requisitos que fazem mal para o seu coração. 
E alguns deles, pode acreditar, você jamais adivinharia que jogam contra a sua saúde cardíaca. São eles:

1. Dormir após a meia-noite. Estudos da clínica de saúde de Misao, no Japão, indicaram que homens, mesmo obtendo oito horas de sono, desenvolveram artérias mais rígidas do que aqueles que foram dormir mais cedo.

2. Adultério. Pode chamar de karma, mas pesquisadores da Universidade de Florença chegaram a resultados científicos de que pessoas que foram infiéis no casamento estavam mais suscetíveis a ataques cardíacos. Especula-se que esse resultado tenha relação com os níveis de estresse e depressão dos adúlteros.

3. Não beber água. Estudiosos da Califórnia chegaram à conclusão de que homens e mulheres que bebem mais de 5 copos de água por dia correm menos risco de doenças do coração do que aqueles que bebem menos de 2 copos. A teoria é de que a desidratação faz com que o sangue fique mais grosso, entupindo artérias.

4. Ter os lóbulos das orelhas com marcas. Parece estranho, mas pesquisadores da Suécia descobriram que mais de 80% das pessoas abaixo dos 40 anos que morreram de doenças cardiovasculares tinham vincos nas orelhas. Uma teoria é a de que essas marcas são fruto de uma malformação de veias sanguíneas, que seria estendida às artérias.

5. Viver sozinho. Uma pesquisa dinamarquesa recente sugere que o risco de doenças cardíacas duplica quando se vive completamente só. Cientistas acreditam que isso acontece devido a maus hábitos associados a quem mora sem companhia - como fumar e beber em excesso, alimentar-se mal, dormir pouco...-, que causam doenças do coração.
fonte: revista conhecer
Com pássaros de papel, moradores protestam contra corte de árvores em avenida de Porto Alegre
Moradores da Avenida Anita Garibaldi, na Capital, usaram uma forma singular de protestar contra uma obra. Eles penduraram pássaros de papel com mensagens em árvores ao longo da via.

"Viadutos vêm; vidas vão", diz um dos ornamentos. "Problemas concretos", reclama outro.

O grupo questiona o corte de árvores para o alargamento da Anita Garibaldi entre os bairros Mont'Serrat e Boa Vista. A obra é necessária para a construção da passagem subterrânea no cruzamento com a Avenida Carlos Gomes. Orçada em R$ 11,5 milhões e com conclusão prevista para 2013, a obra faz parte das intervenções no trânsito da Capital para a Copa de 2014.

A passagem possibilitará que os carros que seguem pela Anita, no sentido Centro-bairro, cruzem por baixo da Perimetral, sem parar em sinaleiras. Os motoristas que estiverem na Carlos Gomes também farão o trajeto livremente. Para isso, serão criadas duas faixas laterais na Anita Garibaldi, de cerca de cinco metros cada. Isso vai obrigar a retirada das árvores entre a Rua Pedro Chaves Barcelos e a Alameda Vicente de Carvalho, além da redução de jardins e calçadas em alguns pontos.

— Não somos contra a obra em si. A mobilidade da cidade precisa melhorar. Mas não queremos ficar com a rua sem árvores — diz a professora aposentada Lourdes Toss, de 57 anos.

— Acho que não precisaria alargar. Além das árvores, muita gente vai perder parte do jardim — acrescenta o comerciante Giuseppe di Lorenzo, 49 anos.

Na última semana de janeiro, os moradores já haviam amarrado fitas pretas nos troncos de cerca de 60 árvores para protestar.

O que diz a prefeitura:

Procurada, a Secretaria Extraordinária da Copa de 2014 (Secopa) informou que o projeto faz parte do plano diretor da cidade há muitos anos e que todos os estudos necessários foram realizados. O órgão disse, também, que realizou audiências públicas para discutir a situação com os moradores.

Ainda de acordo com a Secopa, uma empresa está fazendo um levantamento para avaliar quantas árvores vão ser cortadas para o alargamento da Avenida Anita Garibaldi.

fonte: zero hora

segunda-feira, 12 de março de 2012

Olha só que tri...

Louco por animais? Você pode viver mais


Estudos sugerem que os donos de animais de estimação podem viver mais do que quem não possui nenhum. 

Existe um crescente número de estudos sobre os efeitos que os animais de estimação podem ter sobre a nossa saúde, inclusive sugerindo que ter bichinhos em casa possa nos fazer viver mais.

Uma pesquisa realizada no ano passado mostrou que as pessoas que possuem animais tendem a ter a autoestima mais elevada, são fisicamente mais saudáveis e se sentem menos solitárias. Além disso, elas também apresentam menos medos e são mais extrovertidas.

Os animais de estimação podem oferecer alívio e companhia às pessoas, e até mesmo os psicólogos e psiquiatras reconhecem a influência positiva que uma mascote pode ter na vida de alguém.

Os animais também podem ter um efeito positivo em nossas vidas mesmo que não sejam nossos. A hipoterapia — terapia realizada com cavalos — tem uma longa história de sucesso com pacientes autistas, por exemplo, e vem sendo utilizada na redução do stress pós-traumático de soldados feridos nos campos de batalha. Inclusive, existem organizações que levam os bichinhos a hospitais, asilos e clínicas de recuperação, para oferecer suporte aos pacientes.

Seja uma criança solitária encontrando um amigo em um cãozinho, uma pessoa ansiosa que se desliga de suas preocupações ao cuidar de um aquário ou uma viúva que encontra conforto na companhia de um gato, o fato é que as nossas mascotes nunca nos criticam e sempre estão dispostas a demonstrar o amor incondicional que sentem por nós.
fonte:tecmundo.com.br

Sabrina- cão prá adoção

Alte!!!!!
 
Olha só....preciso de tua ajuda para divulgar uma cadela para adoção....é a Sabrina....resgatei ela na Sertorina, no meio do mato. Ela era pele e osso, com a pata sendo comida por bichos....nem se levantava...certamente estava deitada lá para morrer...então me meti no meio do mato, peguei ela no colo, colquei no carro do Rodrigo (enrolada na bandeira dele do Grêmio), e fui voando até a Clinica São Francisco ali na frente do CTG. Aliás, te indico eles!! maravilhosos!
 
Desde então a Sabrina está lá....estou conseguindo ajuda para arcar com as despesas dela, mas agora que ela está recuperada ela merece sair de dentro da gaiola né??? O problema é que ela é porte grande. Mas é uma bobona, super mansa...então não pode ser adotada por alguém que queira ela meramente para cão de guarda!
 
Sério, se eu morasse numa casa ficaria com ela...ela é um doce...meiga, meiga....apaixonante! Se um dia tiver um tempinho, vai lá conhecer ela....eu vou as vezes para passear com ela.....
 
Então se tu souber de alguém....me ajuda a divulgar.....vou te mandar umas fotos dela...de quando resgatei ela e de agora tb....ah, avisa o Érico tb....
Qq coisa me avisa!!!
 
Beijão Alte!!!
 
Leticia




domingo, 11 de março de 2012

Hora do Planeta 2012

video

O QUE É?
A Hora do Planeta é um ato simbólico, promovido no mundo todo pela Rede WWF, no qual governos, empresas e a população demonstram a sua preocupação com o aquecimento global, apagando as suas luzes durante sessenta minutos.

QUANDO?
Sábado, dia 31 de março, das 20h30 às 21h30. Apague as luzes e participe da Hora do Planeta 2012.

ONDE?
No mundo todo e na sua cidade, empresa, casa... Em 2011, mais de um bilhão de pessoas em todo mundo apagaram as luzes durante a Hora do Planeta.

fonte: wwf

Olha só que legal...

Militares reencontram seus cães após regresso do Afeganistão
video

Olha só que tri...

Camiseta muda de cor em contato com a poluição
video
Uma invenção de dois estudantes da Universidade de Nova York transformou simples camisetas em indicadores de poluição. São dois modelos, um com a estampa de um coração e outra com o desenho de um pulmão, que ganham tonalidades azuis quando entram em contato com o ar poluído.

Segundo os criadores das peças, a intenção era mostrar às pessoas o que acontece quando elas respiram o ar poluído das grandes cidades. “Os órgãos do seu corpo são invisíveis para você, assim como a poluição e os outros assassinos em silêncio lá fora”, diz Nien Lam, um dos criadores da camisa.

A escolha dos órgãos não foi por acaso, já que o coração e o pulmão são os que mais sofrem com a poluição. Para destacar as veias em azul, a dupla fixou um pequeno sensor de monoxido de carbono na camiseta que ao detectar poluentes envia sinais elétricos através de fios para as estampas.

Por serem feitas de tecido termocrômico, ao receberem o calor dos fios os desenhos mudam de cor e criam o efeito. Assim, fumaças de escapamento dos carros, de fábricas e até de cigarros são detectadas e “exibidas” através da camisa.

“Este é um lembrete severo para si e para outros ao seu redor”, alerta Sue Ngo, co-autora do projeto.

As camisetas ainda são apenas protótipos, mas os alunos já estão estudando formas de barateá-las, para tornar os modelos acessíveis para a população. Por enquanto, a confecção de cada camisa custa cerca de US$60,00.

Eles também estão experimentando modelos com outros tipos de sensores – incluindo um detector de álcool. “Assim, quando você ingerisse álcool, o sensor captaria e alteraria a cor do seu fígado”, explica Sue.

fonte:eco4planet

sábado, 10 de março de 2012


Enchantagem

de tanto não fazer nada
acabo de ser culpado de tudo

esperanças, cheguei
tarde demais como uma lágrima

de tanto fazer tudo
parecer perfeito
você pode ficar louco
ou para todos os efeitos
suspeito
de ser verbo sem sujeito

pense um pouco
beba bastante
depois me conte direito

que aconteça o contrário
custe o que custar
deseja
quem quer que seja
tem calendário de tristezas
celebrar

tanto evitar o inevitável
in vino veritas
me parece
verdade

o pau na vida
o vinagre
vinho suave

pense e te pareça
senão eu te invento por toda a eternidade

Paulo Leminski