Quem sou eu

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016



go vegan

Ja cheguei a ter 10 mil seguidores, hoje tenho pouco mais que 5 mil, fora o 5 mil que cabem aqui. As pessoas me adicionam porque acham que sou um pessoa legal que gosta de animais como todo mundo.
 
Não sou uma pessoa legal, e nada como todo mundo. Todo mundo diz amar os animais com o hot dog nas mãos ..... bifinho no prato, muita gente legal é falsa , permissiva ou boba.

 Eu não sou todo mundo, pois tenho vergonha deste mundo e não quero ser igual a nada dele.... só os animais, a natureza .... só isso que quero .... animais livres, com respeito, natureza respeitada e preservada , menos lixo, menos consumismo, menos filhos, menos religiões porque nada disso ta dando certo, nada!

 Mas o véu cor-de-rosa é muito mais maravilhoso.... olhar mais para os céus do que para a Terra é muito mais consolador .

 E assim a Matrix se mantem .... eu prefiro a pilula vermelha.

 Que fiquem os que amam alem de si .... vamos as batalhas seguidores, a Guerra é enorme!
texto de Adriana Greco

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

go vegan


“A recusa em comer carne me trouxe uma inconveniência porque frequentemente passei a viver situações em que fui repreendido pela minha singularidade.

Mas, com essa refeição mais leve, obtive o maior progresso da minha vida, conquistei grande clareza mental e melhorei minha capacidade de compreensão.

Penso que comer carne é assassinato sem provocação, uma vez que nenhum dos animais que comemos nos causaram qualquer tipo de sofrimento que justificasse o abate.”

Benjamin Franklin”, Vegetariano desde os 16 anos, o jornalista, cientista e abolicionista Benjamin Franklin foi um dos líderes da Guerra da Independência dos Estados Unidos e um dos responsáveis pela elaboração da constituição daquele país.

fonte: David Arioch – Jornalismo Cultural

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Respeite a Vida, Torne-se Vegano

fonte:Jocs Vegan
Mensagens otimistas para 2017



Que possamos continuar comendo todos os animais como se não houvesse amanhã. Assim não haverá amanhã mesmo.

Que o ar que respiramos continue sendo de graça e cada vez mais cheio de nossa fumaça.

Ele conta com nosso apoio de carros e cigarros.

Que a água que bebemos continue sendo sólida, saborosa e colorida. E jorre farta e purificada já em garrafinhas plásticas.

Que os políticos continuem aprimorando um governo de todos se ferrando para benefícios de poucos. E que os bichos e plantas não atrapalhem o progresso.

Que a medicina continue acessível em suas curas e tratamentos modernos. Exceto para aquela gentinha ingrata e ignorante que insiste em ter saúde sem enfiar a mão no bolso. E animal, lembremos, nem gentinha é.

Que a Amazônia continue queimando sozinha sem incomodar ninguém. Temos problemas mais sérios para nos preocupar, como a expansão agropecuária.

Que os esquerdinhas continuem a defender a riqueza; e os direitinhas, a socializar a pobreza. E que os porcos garantam a mortadela para uns e os peixes garantam o caviar para outros.

Que o Deus em que acreditamos continue enchendo a sacolinha por aqui. E que lá no Oriente Médio encha os altares do sangue dos bichos em seu louvor.

Que o peru de Natal continue sem mandar Papai Noel tomar na rima certa.

Que o consumismo continue sendo nossa felicidade e glória sem estourar nosso cartão de crédito.

E que na crise nossos animais domésticos aceitem ser jogados nas ruas para cortar gastos.

Que a natureza continue sendo nosso depósito de lixo e pare de mimimi. Limpemos sem culpa só o nosso lado da calçada.

Que a humanidade continue reconhecendo o valor do Eu e que cada um possa tirar o Seu da Nossa reta. Flora e fauna estão aí para nos servir.

Que os traficantes e torturadores de animais continuem punidos com cestas básicas, coitados.

Que o boi peide à vontade igual nós fazemos depois de comer um boi. Aquecimento global provocado por peidos humanos é história pra boi dormir.

Ulisses Tavares também tem mensagens pessimistas para 2017 mas, em respeito à atual ordem natural, deixou todas para os governantes do mundo comunicarem a todos. Coisas de poeta.

Ulissescão-Ulisses Tavares

domingo, 18 de dezembro de 2016

Saturação

Estou farto de ler no poeta

(e de ouvir da prosaica Patrícia)

A sua crítica ao burguês

que vive na absoluta surdez

a louvar o que não ouve.


De minha parte, estou farto

(um pouco mais e será meu parto)

do reacionário bem comportado

que perora na mídia contra os vândalos

E só ataca com ardor certos escândalos.


Estou farto dos homens responsáveis

que, defendendo a empregabilidade,

a sensatez e a tal da governabilidade,

dormem tranquilos em torres de vidro e aço

erguidas sob escombros de pele e osso

com a pobreza esfolando até o pescoço.


Estou farto do grande empreiteiro,

do demagogo e do marqueteiro,

dos governos de coalizão,

dos governantes sem ação,

dos formadores de opinião,

dos senhores engravatados

comendo churrasco e sushi

e dirigindo seus camionetões.


Estou farto da política sem utopia

dos ideais cuidadosamente mesquinhos

e do projeto sem gozo nem emancipação.


Estou farto da novela das nove,

do futebol das dez e das horas vazias

Por não ter ido à marcha das vadias.

Estou farto!


Farto dos derivativos e dos mercados sem futuro,

Farto da volta da inflação e dos saltos no escuro,

Farto dos times jogando com três volantes

e dos livros silenciosos nas estantes,

dos discursos de bom senso dos especialistas

das teses dos sociólogos e dos economistas

dos ataques da polícia e do batalhão de choque

do gás de pimenta, balas de borracha e toque,

Toque de encurralar na velhice do imaginário.


Estou farto dos que não saem do armário

e ainda cobram dos outros que durmam de touca.


Estou farto da retórica bem comportada

dos que aconselham a fazer o que não fazem

limitando-se solenemente a soltar gazes

enquanto trivialmente estouram champanhe.


Estou farto dos preços das passagens de ônibus,

das críticas ao bolsa-família e às cotas,

do escritor que fala do umbigo

e ganha prêmios como trigo

(um trigal simulando o ouro adornando uma bolsa de couro)

por ter sido obscuro como pão queimado.


Estou farto dos saudosos da ditadura

e dos corruptos que nunca levam uma dura.


Só o que me lava a alma são esses manifestantes

reclamando o possível em nome do impossível

e pondo de joelho os postes de cada governo.


Estou farto de mim,

De mim e do Alckmin,

De mim e do Haddad,

De mim e da falsidade.


Estou farto do reacionário bem comportado

que não deixa mudar o mundo por educação.

Não se mexe no que dá tão certo por estar errado.


Estou farto do antipetista fanático

que se acha não ideológico e fantástico

enquanto destila bílis e mesquinharia.


Estou farto dessa tola engenharia

que prega o fim de direita e esquerda

como um triunfo da sua ideologia.


Estou farto dos que tentam me cooptar

Enganar, embrulhar, adaptar, empalar.


Estar farto de ser isto e aquilo

como um almoço por quilo:

anteontem eu era de direita,

Ontem eu era petista,

Hoje, sou PSOL.

Amanhã estarei no formol?


Estou farto de reacionários fakes

e dos tantos fakes reacionários

Que me elogiam por conveniência

tentando ler o que eu não digo

quando só estou comendo um figo.

Estou farto de estar farto.

Estou farto dessa fartura.

Espero estar longe do infarto.

E perto de uma goiabada com queijo.

Juremir Machado da Silva

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016


Repudiei sempre que me compreendessem. Ser compreendido é prostituir-se .Prefiro ser tomado a sério como o que não sou,ignorado humanamente, com decência e naturalidade. Quero gozar comigo a ironia de me não estranharem. Há martírios mais sutis que aqueles que se registram dos santos e dos eremitas.

Fernando Pessoa

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Celebre a Vida em sua Totalidade, Seja Vegano

fonte: Sou Veg por Amor aos Animais

comentário do Altecir: eu faço isso já faz algum tempo, é muito simples, é só ter boa vontade e o mínimo de respeito pela vida.

domingo, 30 de outubro de 2016

sexta-feira, 7 de outubro de 2016

GO VEGAN

"Só postei isso na minha linha do tempo. Minha primeira tatuagem aos 63 anos. É para sempre agora. Veganismo é muito mais do que uma dieta ou uma simples escolha. É uma decisão, e um modo de vida, que se opõe e se recusa a contribuir à crueldade humana e a ignorância desnecessária, de assassinatos bárbaros de animais inocentes, da destruição de nossa saúde, dos recursos naturais, e do planeta. Por favor, abra sua mente e olhe além do que seus coleguinhas pensam."
Mike Dawe

fonte:Sou Veg por amor aos animais

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

Respeite a Vida, seja Vegano

Se chocar essa cena e não com o leitão, frango ou peixe isso chama Especismo: que é a atribuição de valores ou direitos diferentes a seres dependendo da sua afiliação a determinada espécie. O termo é usado para se referir à discriminação que envolve atribuir a animais sencientes diferentes valores e direitos baseados na sua espécie.
Quem somos para decidir quem vive ou morre para atender aos desejos do estômago?
fonte: Sou Veg por amor aos animais

domingo, 4 de setembro de 2016

Somos um. Somos Terráqueos.
fonte: Yoda Sincero

GO VEGAN

fonte: face de Anna Carneiro

Almoço de domingo




Menu: massa caseira integral com ervilhas, polenta, batata doce assada, refogado de flores de couve com espinafre, batata inglesa refogada com alho porró, chuchu e cenoura cozidas, salada de alface, rúcula e radiche, acompanhado com um cabernet da conha y toro.

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Sessão Estupideza Humana

fonte: face de Adriana Khouri

comentário do Altecir: Estudantes de medicina veterinária expondo um animal, no caso, um paciente, como se fosse um troféu. Realmente o final dos tempos está chegando, quando a gente pensa que os homens estão evoluindo,  temos que ver isto,misericórdia, que os deuses tenham pena da nossa raça.