Quem sou eu

domingo, 24 de janeiro de 2016

Go vegan



Consequência Natural em uma Verdadeira Existência

Viver não é apenas respirar, se alimentar, dormir e morrer... viver é tentar justificar sua vinda a esse pequeno planeta chamado Terra. Viver é dar sentido a quilo que chamamos vida. Viver é cada dia tentar provar a si mesmo que existe, e por fim ser.
Viver é juntar todas as ferramentas corporais que possui, e usá-las para se descobrir o mundo a sua volta. Descobrir que não estamos sozinhos, e que além da espécie humana existem outros bilhões de espécies de seres que habitam esse lar temporário a qual fomos inseridos por alguma força desconhecida.
Viver é abrir as portas da compreensão, e perceber o quanto somos pequenos diante do universo, e tentamos ser grandes com a força ilusória do egoísmo, da maldade, do auto protecionismo.
Viver nesse pequeno espaço de tempo, a qual apenas somos, é a cada segundo explorar a verdade, reconhecer os erros e tentar acertos, aí nos deparamos com o veganismo.
Quando reconhecemos o verdadeiro sentido do veganismo, vemos o quanto é essência, é verdade, é vida. Não há motivo mais real do que parar de se alimentar de seres que sentem o que sentimos. Não podemos proporcionar aos outros, aquilo que não queremos para nós mesmos, dor , sofrimento e morte.
Parabéns Fernandinha, esse pequeno texto é em sua homenagem a qual já tive o prazer de conhecer, e por algumas horas ter sua inesquecível presença. Você é uma formadora de opinião, precisamos de você, assim como todos aqueles que possuem voz, para que nossos irmãos, animais não humanos, sejam libertos.

Jota Caballero

Nenhum comentário:

Postar um comentário