Quem sou eu

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Mesmo com tanto sofrimento e dificuldades...
Minha mãe vira e fala "Não temos tempo pra sofrer"
Cada dia tem sido uma luta...uma luta por sobreviver e permitir que todos os anjos que vivem conosco na sede Ong, os 108, possam sobreviver também.
Com tanta insensibilidade no mundo...
É difícil colocar os joelhos nos chão e implorar por ajuda, por um pouco, por menos do que o seu cinema, balada ou lanche de final de semana....
É difícil pedir que as pessoas despertem, colaborem e encarem nossas atividades como serviço de utilidade pública...que vejam esses anjos como seres sencientes... que precisam e querem viver....
Eu choro...eu sofro...eu lamento...
Me apego em esperanças vãs...
E encerro minha noite no Abraço daquela que não me julga ou questiona...apenas aceita e agradece...e ja me deu o bem mais precioso que eu poderia ter...seu amor ♡

fonte: Beatriz Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário