Quem sou eu

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Boa parte dos carnistas que se mostram insensíveis à dor e sofrimento animal, alega que o deus que eles acreditam foi quem autorizou esse massacre, e que portanto os animais foram feitos para isso, e o tal deus deles fica feliz que eles cumpram a recomendação de subjugar e submeter os animais à exploração e morte... Eu queria saber se esses mesmos sujeitos, acreditam no allah que autoriza homens bomba a matar populações inteiras, se acreditam naqueles caras da magia vodu que arrancam orgaos de crianças ou violam túmulos pra pegar os pedaços dos cadáveres das mães dos outros enterradas nos cemitérios, ou se acreditam naqueles deuses do hawai que pedem pra sacrificar virgens na boca do vulcão e etc... Olha, acho tão infeliz o cidadão ser insensível e picareta ao ponto de usar um deus ilógico e psicótico pra justificar seus desmandos, que me dá até ânsia de vômito. Eu não me sujeito mais a nenhuma religião formal, mas sou um tanto espiritualizada do meu jeito, porque tive a sorte de passar por religiões menos ignorantes e manipuladoras, mesmo assim, não consigo conceber a ideia patife de uma crença sagrada ser cúmplice e conivente com o sofrimento de indefesos. Sinto é nojo disso. Nessas horas vejo que enquanto o ser humano NÃO se libertar da ignorância e do egoísmo, não vai haver libertação animal, pois só liberta quem é livre.
Nana Indigo

Nenhum comentário:

Postar um comentário